assessoria de
  comunicação

9/3/2017
 Minicurso trabalha a construção das masculinidades
por Queila Chaves


Na tarde desta quinta-feira, 9, foi iniciado o minicurso “Masculinidades - Um enfoque de gênero orientado por uma epistemologia feminista”, coordenado pelo professor de Filosofia, Anderson Aráujo Cunha.

No primeiro momento, um recorte posicionando o campo de discussão de gênero dentro de uma teoria do conhecimento feminista foi feito, discutindo conceitualmente desigualdade, opressão, feminismo da diferença, e de igualdade de direitos. Outro ponto debatido, nesta tarde, foi o campo da masculinidade: a construção do masculino e da naturalização desses lugares.

“O título é masculinidades, pois o suporte teórico que temos utilizado trabalha a construção do masculino como um campo de multiplicidade. Não dar pra se falar de uma única forma de ser homem. Temos homens que também são discriminados na sociedade e temos que os perceber como parceiros nesta modificação social”, afirmou o professor do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH).

Para o estudante de Direito, Breno Assis, o minicurso serve para construir novos discursos que integram o feminismo às masculinidades. “Ao pensar o sistema como um todo e aliar esses conhecimentos, a gente consegue construir discursos mais abrangentes que reconhecem a sociedade como heterogênea e que a partir dessas diferenças conseguem agregar”, declarou o aluno.

Nessa sexta-feira, 10, o minicurso dar continuidade abordando as masculinidades contemporâneas e a etnicidade. A atividade será realizada das 14 às 18 horas, na sala anexa ao DFCH, campus de Vitória da Conquista.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão