assessoria de
  comunicação

14/3/2017
 Auditório lotado na abertura da Semana de Filosofia
por Queila Chaves


Começou na noite dessa segunda-feira, 13, a 6ª Semana Acadêmica de Filosofia da Uesb. A palestra de abertura foi ministrada pelo professor João Carlos Salles, reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), que na ocasião abordou sobre a formação do filósofo enquanto professor e pesquisador e o papel do ensino de Filosofia no Ensino Médio.

O palestrante tratou principalmente do debate nacional sobre a reforma do Ensino Médio, proposta pelo Ministério da Educação (MEC). “É uma questão bem delicada, nossa área foi bastante atingida na reforma do Ensino Médio e tentamos trazer algumas implicações desta mudança tão radical. Além disso, trouxemos a experiência da Ufba, que já se consolidou com o ensino de Filosofia, indo da graduação ao doutorado”, relatou João Carlos Salles.

“Foi uma honra ter a presença do professor de Filosofia que hoje é reitor da Ufba. Ele é especialista em Filosofia e Educação e o tema trazido é muito pertinente porque o curso visa preparar professores para dar aula no Ensino Médio”, comentou Erivelton Veras, membro da comissão organizadora. Para o discente, a resposta ao evento é positiva: “Muitas pessoas se inscreveram já pela internet, na palestra de abertura a resposta também foi grande". 

Segundo a comissão organizadora, as inscrições pela internet foram encerradas, mas qualquer pessoa que tiver interesse pode chegar no evento e fazer a inscrição presencial. No período vespertino, serão ministrados por professores da própria Uesb cinco minicursos. Sessões de comunicação para a apresentação de trabalhos acadêmicos nas áreas de Filosofia e/ou Educação são realizadas desta terça, 14, até quinta-feira, 16, a partir das 19 horas. No total, foram selecionadas 48 comunicações.

A estudante de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Rafaela Magalhães, veio apresentar o trabalho “Marx, o não economicismo e a definição de classes sociais”. Para ela, eventos acadêmicos como esse são válidos: “É muito importante porque dá aquela visibilidade ao trabalho, nos ajuda na vida acadêmica e pessoalmente, pois nosso desenvolvimento tende a melhorar nestas exposições”.

A 6ª Semana de Filosofia encerra-se na sexta-feira, 17, às 19 horas, com uma mesa redonda com a Professora Edna Furukawa (Uesb) e o Professor Hélio Alexandre (Unesp).

Confira aqui a programação completa.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão