assessoria de
  comunicação

17/3/2017
 Uesb participa de projeto internacional de atenção à saúde
por Queila Chaves


Uma ação conjunta envolvendo a Uesb pretende expandir e aprimorar o atendimento a pessoas portadoras de doenças cardiovasculares (DCV) e diabetes em Vitória da Conquista. O município receberá recursos através do programa HealthRise, da fundação norte-americana Medtronic, para executar diversas atividades nos três níveis de atenção à saúde.

As ações multidisciplinares começam com rastreamento e monitoramento de hipertensos e diabéticose e capacitações dos profissionais de saúde. Os pacientes de difícil controle dessas doenças e com complicações cardiovasculares serão avaliados e acompanhados pelo Centro Universitário de Atenção à Saúde (Ceuas) - um serviço ambulatorial especializado multidisciplinar da Uesb.

Como parte do programa HealthRise, será instalado no Ceuas um Centro de Diagnóstico Cardiovascular, no qual serão realizados exames como Eletrocardiografia, Ecocardiografia, Teste Ergometrico, Dopplers Arteriais e Venosos e Ultrassonografia, por meio da parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Estima-se que neste serviço de cardiologia mais de mil exames serão realizados mensalmente.

Outra novidade é a implantação de um prontuário eletrônico digital integrando o Ceuas (atenção secundária) aos demais componentes da rede de saúde (atenção primária e terciária), melhorando assim a qualidade das informações destes pacientes.

Para a execução do projeto, além da parceria com a Uesb, o HealthRise conta também com a Universidade Federal da Bahia (Ufba/Campus Anísio Teixeira), a Prefeitura Municipal, o Serviço Social da Indústria da Bahia (Sesi-Ba), o Núcleo Regional de Saúde Sudoeste e com a Associação de Diabéticos, envolvendo profissionais e estudantes da área da saúde.

No município, o programa será executado até agosto de 2018.  Em fevereiro deste ano, profissionais do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês (IEP/HSL) estiveram no município para acompanhar o andamento do projeto. O instituto é responsável pelo monitoramento do projeto HealthRise no Brasil. Além de Vitória da Conquista, a outra cidade brasileira selecionada foi Teófilo Otoni, em Minas Gerais.

HealthRise - O programa foi fundado pela fundaçâo Meditronic e tem o objetivo de contribuir com a Organização Mundial da Saúde na meta de redução de 25% da mortalidade associada à morte prematura decorrente das doenças crônicas não transmissíveis, como as doenças cardiovasculares e diabetes, até 2025 atraves do financiamento de projetos comunitários na Índia, EUA, África do Sul e Brasil.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão