assessoria de
  comunicação

3/4/2017
 Gestão municipal e os desafios atuais é tema de aula magna
por Queila Chaves


As aulas da Especialização em Gestão Pública Municipal começaram na última sexta-feira, 31, com a aula magna proferida pelo diretor da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Horácio Nelson Hastenreiter Filho, no Auditório do módulo Antônio Luís Santos (Luisão).

Com o tema “A Gestão Municipal e os desafios da contemporaneidade”, observou que os governos ainda não têm a preocupação em executar a gestão. “Pois quando a gente pensa gestão, a gente pensa no ciclo que envolve planejar, executar, controlar e avaliar. E hoje o que a área pública consegue fazer é executar, por isso é muito pertinente discutir gestão pública”, completou o professor.

A coordenadora da especialização, Marisa Oliveira, deu as boas-vindas aos pós-graduandos e, na ocasião, falou do assunto em pauta: “Ele suscita realmente este diálogo inicial que conclama as reflexões relativas à gestão pública e os desafios que lhe são inerentes. O objetivo desse pós é, justamente, está capacitando os gestores públicos a estarem aptos para lidarem com a sociedade complexa e os desafios que são próprios”.

A pró-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários, Maria Madalena dos Anjos Neta, informou que essa é a quarta turma de Gestão Pública Municipal e destacou o papel da Uesb para a continuação do curso. “É importante nós registrarmos o avanço que o Departamento de Ciências Sociais Aplicadas teve principalmente por conta da capacitação do corpo docente, aumentando o número de professores mestres e doutores. A Uesb tem um papel importante na sociedade enquanto formadora de profissionais qualificados. Nosso IGC continua com valor 4 e precisamos ressaltar esses avanços que a universidade vem tendo nestes últimos anos”, declarou.

A turma deste ano é formada por 40 alunos oriundos principalmente dos cursos ligados ao DCSA. A pós-graduanda Jussandra Santana Ramos é uma das exceções. Ela tem licenciatura em Pedagogia e pretende dar continuidade ao recorte de sua monografia. “Sou servidora pública e sei de perto a vivência dessa dificuldade relacionada à proposta de meu projeto. Esse curso é muito interessante no sentido de que é algo de impacto à sociedade, pois verifica-se estudos para a mudança”, comentou a discente.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão