assessoria de
  comunicação

10/5/2017
 Revista Práxis Educacional obtém classificação B1 no Qualis
por Afonso Ribas


A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou nesta quarta-feira, 10, a classificação do Qualis dos periódicos científicos das áreas de Educação e de Ensino, referente ao ano de 2015. A Revista Práxis Educacional, periódico quadrimestral do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEd), campus de Vitória da Conquista, obteve melhoria significativa na avaliação ao elevar sua classificação no Qualis para a categoria B1. Em 2014, quando a periodicidade da Revista era semestral, ela fazia parte da categoria B3. O novo resultado reforça o avanço na qualidade das produções científicas da Uesb.

O Qualis é o sistema usado pelo Capes para classificar a produção científica dos programas de pós-graduação no que se refere aos artigos publicados em periódicos científicos. Como resultado, disponibiliza uma lista com a classificação dos veículos utilizados pelos programas de pós-graduação para a divulgação da sua produção. Dessa forma, o Qualis afere a qualidade dos artigos e de outros tipos de produção, a partir da análise da qualidade dos veículos de divulgação, ou seja, periódicos científicos.

A classificação dos periódicos é realizada por comitês de consultores de cada área de avaliação e passa por processo anual de atualização. Esses veículos são enquadrados em estratos indicativos da qualidade - A1, o mais elevado; A2; B1; B2; B3; B4; B5; C - com peso zero. O Qualis referente ao ano de 2016 ainda não foi divulgado.

A revista Práxis Educacional publica artigos inéditos resultantes de pesquisas científicas, além de resenhas de livros. O periódico tem como objetivo central divulgar pesquisas e estudos vinculados ao campo da educação, desenvolvidos por pesquisadores de diferentes contextos educacionais do Brasil e do exterior.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão