assessoria de
  comunicação

17/5/2017
 Fórum avaliou projeto acadêmico do curso de Enfermagem
por Wellington Nery


O Colegiado do Curso de Enfermagem realizou nesta quarta-feira, 17, no campus de Jequié, o Fórum para Avaliação do Projeto Acadêmico da graduação da Universidade. Na ocasião, foi apresentada e discutida a proposta de reestruturação do projeto acadêmico do curso de Enfermagem da Uesb.

Segundo a professora do curso e egressa da primeira turma de Enfermagem da Uesb, Ivone Gonçalves Nery, está mais que na hora de definir novas diretrizes e matriz curricular para o curso. “Porque as novas tecnologias do processo de aprendizagem precisam ser atualizadas. A roda do conhecimento científico não fica parada e, se ela não fica estanque, os cursos de graduação precisam estar propondo suas atualizações. Nesse sentido, o curso de graduação em Enfermagem vem promovendo essas atualizações ao longo dos seus 35 anos para que os discentes recebam a formação pertinente à sua prática profissional”, pondera Nery.

O também professor do curso, Roney Pereira Cabral, entende ser este o momento de atualização. “Na verdade, a matriz vem sendo discutida há alguns anos. Na instituição pública, exige uma necessidade e até uma cobrança constante de que a discussão, de fato, seja devidamente amadurecida. Existe uma reformulação, uma comissão e também a participação de todos os pares. A ideia é que seja algo que atenda o maior número possível dessas solicitações e dessas inferências das necessidades da sociedade, tudo isso em consonância com as diretrizes curriculares e com a realidade atual”, diz Cabral.

Estudante do curso, Gabriela Sales dos Santos enxerga esse momento como essencial para o aprimoramento da graduação e da formação de novos profissionais. “Eu acho que é um momento muito importante para o Curso de Enfermagem e também para os discentes, porque é um momento em que podemos estar discutindo e socializando diversas opiniões, sempre tentando buscar a melhoria do nosso curso. Em uma reforma de grade curricular, em reforma de uma disciplina, tudo para que venha contribuir para que tenhamos cada vez mais uma formação melhor dentro do curso de Enfermagem”, conclui Santos.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão