assessoria de
  comunicação

1/6/2017
 Empoderamento feminino foi tema de Encontro
por Caleb Lima


O Núcleo de Extensão em Desenvolvimento Territorial (Nedet), em parceria com a Coordenação do Colegiado Territorial, realizou nessa quarta-feira, 31, no auditório 1 do módulo Antônio Luis Santos (Luisão), campus de Vitória da Conquista, o 1º Encontro Territorial de Mulheres do Sudoeste Baiano.

Os Nedets são unidades administrativas com função de apoiar ações de extensão e de assessoramento técnico aos Colegiados Territoriais e demais atores dos territórios rurais. O projeto surgiu por intermédio da parceria estabelecida entre a Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT) do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O Colegiado Territorial do Sudoeste é composto por 24 municípios, tendo a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) como parceira do Colegiado.

O Encontro teve como objetivo debater assuntos ligados ao empoderamento feminino, políticas e desafios enfrentados pelas mulheres e a violência contra elas, propondo ações de utilização dessas políticas em cada município integrante do Colegiado Territorial do Sudoeste.

A ideia do evento surgiu como uma maneira de fortalecer as atividades propostas pelo Nedet, como explica a coordenadora Regina Dantas de Carvalho. “Pensando no desenvolvimento de políticas para as mulheres, em todos os campos, na saúde, no trabalho, na educação, no lazer, na família, nas relações sociais, é que estamos trazendo esse encontro. A realização de encontros temáticos fazem parte do projeto Nedet, e é nesse momento que aproveitamos para fazermos uma avaliação das representações da câmara das mulheres nos municípios, dialogando sobre os trabalhos realizados por ela”, afirma Carvalho.

A programação foi composta por duas palestras: a primeira com o tema “políticas públicas para as mulheres” e a segunda “a violência contra a mulher”. Debates, abertura para questionamentos e o encaminhamento de ações para os próximos encontros também fizeram parte da programação.

Representando o Comitê Municipal dos direitos da Mulher de Anagé (Condima), a líder Simone Ferreira fala sobre a relevância da realização do 1º encontro para o esclarecimento de algumas questões. “Para nós, é de suma importância ocupar esses espaços voltados para a discussão do empoderamento da mulher, onde ampliamos um pouco o nosso conhecimento sobre os direitos da mulher. Juntamente aos comitês municipais e aos grupos de convivência, procuramos fortalecer essa corrente, para que não morra essa luta constante de mostrar para a sociedade os direitos que nós temos”, afirma Ferreira.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão