assessoria de
  comunicação

6/6/2017
 Realizado Curso de Interações Medicamentosas em Jequié
por Carlos Santos


Realizado nessa segunda-feira, 5, na Uesb, campus de Jequié, o Curso de Interações Medicamentosas na Prática em Saúde teve cerca de 200 cursistas e lotou o auditório Waly Salomão, atendendo as expectativas dos organizadores. As interações medicamentosas são eventos frequentes na farmacoterapia do indivíduo polimedicado, que necessita de cuidado especial. Já essas interações podem potencializar efeitos tóxicos, como também, podem antagonizar efeitos farmacológicos.

O Curso foi ministrado pelo professor do Departamento de Ciências e Tecnologias (DCT), Gildomar Valasques Junior. De acordo com o professor, o objetivo da atividade foi discutir com a comunidade acadêmica e mostrar o risco que as interações medicamentosas podem ocasionar para todas as pessoas que fazem uso de medicamentos. “Nós encontramos essas interações na poli-farmácia, na poli-medicação. Isso acontece com uso de vários medicamentos num paciente, e isso às vezes tem vantagens, como por exemplo, o balanceamento de dois medicamentos, mas também há desvantagens, pois se corre o risco na recuperação dos pacientes com os efeitos colaterais dessas interações”, explicou Júnior.

Durante a atividade, os participantes tiveram a oportunidade de assistir, por meio de slides, uma introdução ao tema, saber como funcionam as interações farmacodinâmicas e farmacinética, as estratégias de identificação e análise das interações medicamentosas, além de conhecer os principais casos da prática entre profissionais da saúde e pacientes. Caio Santos Limeira, aluno do 5º semestre de Enfermagem, afirmou que o Curso veio ajudar entender as interações, principalmente, na prática da atenção primária e secundária com os pacientes. “É de suma importância para avaliarmos o melhor medicamento e a melhor conduta a ser tomada a cada caso clínico na melhora terapêutica”, comentou o estudante.

O discente de Farmácia do 9º semestre, Igor Nascimento da Silva Andrade, destacou que esse Curso trouxe vários pontos interessantes. “O evento está trazendo temas novos não só para a área da Farmácia, mas também de outras áreas inter-relacionadas da área de Saúde. Isso é bom para nossa formação e para a prática do farmacêutico”, salientou o concluinte da graduação em Farmácia da Uesb.

O farmacêutico Renison Meira Trindade, formado pela Uesb e funcionário do Hospital Santa Helena voltou à Universidade para se atualizar e conhecer as novidades desse campo. Segundo ele, “as interações medicamentosas é um tema muito interessante, pois está ligado a várias profissões da área da Saúde Humana”.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão