assessoria de
  comunicação

6/7/2017
  Conferência discute representações sociais do stress no trabalho
por Wellington Nery


O Anfiteatro do Pavilhão de Aulas Professor Manoel Soares Sarmento Filho, da Uesb, campus de Jequié, recebeu no final da tarde desta quarta-feira, 5 de julho, o professor psicanalista, psicólogo e pesquisador do Laboratório de Psicologia Social (Laboratoire de Psychologie Sociale - LPS), da Aix Marseille Université, da França, Thierry Salmon.

Ele ministrou a Conferência Internacional “Representações Sociais do Stress no Trabalho”, para uma plateia formada em sua maioria por docentes e discentes dos cursos de graduação e pós-graduação da Uesb, membros do “Grupo de Pesquisa em Saúde Mental: Loucos por Cidadania”, e do “Grupo de Estudo e Pesquisa em Representações Sociais”, além de docentes e discentes do curso de graduação em Psicologia da FTC de Jequié.

A Conferência foi fruto da parceria estabelecida entre o Departamento de Saúde 2 da Uesb e o Laboratório de Psicologia Social, da Aix Marseille Universit,  com a organização das professoras Marizete Argolo Teixeira, Edite Lago da Silva Sena e Zenilda Nogueira Sales.

Segundo a professora Zenilda Nogueira Sales, a Conferência é um momento de consolidação de um elo entre as duas instituições de ensino superior. “Esse momento é um elo e confraternização entre as duas universidades. Aproveitamos a vinda do conferencista ao Brasil e como trabalhamos com a questão das representações sociais e o stress, que é um tema atual, realizamos essa Conferência onde o professor Thierry Salmon nos trouxe algumas estratégias de como lidar com o stress no trabalho, na nossa vida e no nosso cotidiano”, argumenta Sales.

Para Ícaro José Santos Ribeiro, acadêmico do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde (PPGES), nível de doutorado acadêmico, a Conferência aborda um tema que lhe será muito útil. “Especificamente, minha tese se propõe estudar o stress em estudantes de pós-graduação. A temática vem sendo muito discutida na atualidade em todos os campos, e principalmente na saúde, por afetar tanto o desempenho quanto o rendimento acadêmico”, explicita Ribeiro.

Já a psicóloga da Secretaria Municipal de Saúde de Jequié e mestranda do PPGES, Cláudia Brito de Oliveira Lima, viu na Conferência mais um momento de atualização profissional e acadêmica. “Ela é de grande importância. Passei recentemente no mestrado do PPGES e pretendo trabalhar com esta temática no programa”, conclui Lima.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão