assessoria de
  comunicação

3/8/2017
 Alunos apresentam trabalhos de Iniciação Científica na SBPC 2017
por Juliana Silva


Diversos alunos de graduação, dos três campi da Universidade, vinculados ao Programa Interno de Iniciação Científica (PIC/Uesb), participaram, no período de 16 a 22 de julho, da Jornada Nacional de Iniciação Científica. O evento aconteceu durante a 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte (MG).  

De acordo com a gerente de Pesquisa da Uesb, Ana Carolina de Souza Doria, a SBPC é um importante fórum de difusão dos avanços científicos e tecnológicos nas diversas áreas do conhecimento. Nesse sentido, o evento aproxima os alunos ainda mais do universo científico. “A participação dos estudantes da Uesb em eventos como esse permite que eles tenham contato com o que atualmente tem sido realizado em termos de pesquisa, inovação e tecnologia, agregando experiências e conhecimentos aos nossos estudantes”, ressaltou a gerente. 

Ao todo, 25 discentes participaram da Jornada de Iniciação Cinetífica da SBPC. Na ocasião, eles tiveram a oportunidade de apresentar os resultados dos trabalhos desenvolvidos durante a vigência da Iniciação Científica, sob a orientação de docentes que coordenam projetos de pesquisa na Uesb. Segundo o aluno do curso de Jornalismo, Yuri Santana Iriarte, integrante do Projeto de Pesquisa "Conexão Pública por meio do consumo de Mídia: voz, cidadania e engajamento político”, coordenado pelo professor Marcus Lima, a possibilidade de expor os resultados de sua pesquisa, foi algo bastante enriquecedor. “No meu caso, apresentei um estudo de recepção feito numa escola de ensino médio técnico. Depois de dois anos de pesquisa, é gratificante perceber o interesse de outras pessoas pelo assunto que você estudou. Acredito na possibilidade de que isso fomente novas discussões e só tenha a contribuir positivamente para o futuro da ciência no nosso país”, comentou o aluno.

Já para o professor Marcus Lima, o conhecimento não pode ficar restrito à sala de aula, por isso a importância dos alunos estarem participando de eventos acadêmicos e científicos. “Sempre incentivo os alunos a participarem de todo e qualquer evento. No caso de alunos de Iniciação Científica, isto é imprescindível”, destacou Lima.

O Programa de Iniciação Científica

Ainda conforme a gerente de Pesquisa, o Programa de Iniciação Científica da Uesb visa despertar a vocação científica e incentivar talentos potenciais entre estudantes de graduação, mediante a participação em projetos de pesquisa, orientados por pesquisadores atuantes e qualificados. “O desafio da Universidade hoje é formar indivíduos capazes de buscar conhecimentos e de saber utilizá-los. É dentro desta perspectiva que a inserção do aluno de graduação em projetos de pesquisa se torna um instrumento valioso para aprimorar qualidades desejadas em um profissional de nível superior, bem como para estimular e iniciar a formação daqueles mais vocacionados para a pesquisa”, destacou Doria. 



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão