assessoria de
  comunicação

5/10/2017
 Café é tema de visita de comissão vinda de Senhor do Bonfim
por Gisele Almeida


Nesta quinta e sexta-feira, dias 5 e 6 de outubro, a Uesb, campus de Vitória da Conquista, recebe a visita técnica de uma comissão de agricultores e representantes da administração municipal da cidade de Senhor do Bonfim, na Bahia, com o objetivo de compartilhar conhecimento sobre a cultura do café da região. A iniciativa surgiu do interesse que a própria prefeitura municipal de Senhor do Bonfim manifestou à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Café) em levar a pesquisa na área do café para a sua região. Dessa forma, a Uesb, por meio do consórcio de cooperação técnica que já possui com a Embrapa Café, elaborou a programação da visita.  

De acordo com a professora Sandra Elizabeth de Souza, coordenadora da Especialização em Café da Uesb e do convênio da Universidade com a Embrapa, o propósito da visita é apresentar toda a cadeia produtiva do café, para que os agricultores conheçam primeiramente a lavoura e os benefícios que a cafeicultura traz para a cidade. “De posse dessa demanda, que está sendo negociada desde 2016, sugerimos que ao invés de nós irmos a Senhor do Bonfim, eles viessem até a Universidade, por conta da necessidade de conhecerem a nossa realidade de perto”, explica Souza. A professora também falou sobre a satisfação em receber representantes de um munícipio tão interessado no que a região pode oferecer em termos de conhecimento na área do café. “Eles aceitaram o nosso convite e para nós é uma alegria poder recebê-los aqui hoje”, declara.

A mesa de abertura das atividades, que aconteceu na manhã desta quinta-feira, 5, contou com a presença do reitor da Uesb, professor Paulo Roberto Pinto Santos; de Ivomar Silva, assessor do vice-prefeito do município de Senhor do Bonfim; de Gabriel Bartholo, gerente geral da Embrapa, de Alvaro Pithon, vereador do munícipio de Vitória da Conquista, e também da professora Sandra Elizabeth de Souza. Além de Ivomar Silva, que veio como representante da prefeitura da cidade, a comissão de Senhor do Bonfim é composta por produtores rurais da região, pelo vereador Elizeu Conceição e servidores públicos municipais que trabalham na área da Agricultura.

Segundo Ivomar Silva, a região de Senhor do Bonfim tem uma tradição no café desde 1800 e, na década de 1920, ela alcançou o seu auge, sendo considerada um dos maiores polos cafeicultores do Brasil. Dessa forma, como explica Silva, o motivo da solicitação do intercâmbio de conhecimento entre as cidades é a mudança que ocorreu nesse cenário ao longo do tempo. "Atualmente, nós ainda temos uma produção, mas muito restrita à região de montanhas e bem menor do que foi na década de 1920. Agora, temos o interesse de revitalizar essa cultura. Ela nunca morreu, mas está precisando da aplicação de novas tecnologias”, justifica.

Já Gabriel Bartholo falou sobre o papel da Embrapa Café e do Consórcio Pesquisa Café nessa negociação entre as cidades. “A demanda de Senhor do Bonfim veio da necessidade de encontrar uma forma da pesquisa na área do Café estar mais presente nesse município. Então, nós estamos aqui hoje, para fazer uma visita in loco e levantar quais são os problemas, que, depois de diagnosticados, podem ser transformados em ações de pesquisa, e a Uesb tem um papel fundamental nisso”, declara.

Para o reitor Paulo Roberto Pinto Santos, esse encontro demonstra que a Uesb é reconhecida no estado da Bahia como um espaço de produção de conhecimento. “Nesses dois dias de visita, irão acontecer uma série de troca de informações técnicas e também discussões de parcerias. Estão presentes um órgão de pesquisa, uma Instituição como a nossa e um munícipio, ou seja, uma cadeia que já começa com a sociedade participando e com certeza dará frutos que beneficiarão a comunidade de Senhor do Bonfim e também fortalecerá a nossa Universidade”, completa o professor.

A programação continua na tarde desta quinta, com uma visita à cidade de Barra do Choça, e durante toda a sexta-feira, com a ida às cidades de Encruzilhada, na Bahia, e Mata Verde, no estado de Minas Gerais.   

 



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão