assessoria de
  comunicação

5/10/2017
 Naforme realiza 1º Simpósio e Mostra
por Afonso Ribas


O que é formação? Como ela acontece a partir da vivência na Universidade? Essas são as perguntas-chaves que norteiam o 1º Simpósio e Mostra “Narrativas (Auto)biográficas: um olhar sobre o percurso da formação dos alunos de Jornalismo na Uesb”, que teve início na manhã desta quinta-feira, 5, no campus de Vitória da Conquista. O evento é promovido pelo Grupo de Estudos e Pesquisas Narrativas, Formação e Experiência, coordenado pela professora Élica Luiza Paiva, do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH).

Segundo Paiva, a discussão proposta pelo grupo deve acontecer nos diversos espaços da Universidade, pois está diretamente relacionada com o processo de construção humana e profissional do indivíduo. “Quando a gente pensa em formação, pensamos de dentro para fora e de fora para dentro: como eu estou me formando, o que eu estou buscando e o que estão me oferecendo. E esse processo consiste em um envolvimento que é nosso e que também é do outro. É pensar de que maneira estamos conduzindo esse movimento que, lá na frente, vai culminar na nossa profissão”, ressaltou.

A professora destacou ainda a importância do trabalho coletivo realizado pelos membros do grupo para promoção do Simpósio. “Essa é uma experiência compartilhada, porque nós somos um grupo e, sendo grupo, tudo foi feito de maneira colaborativa, muito mais pelos participantes do Naforme do que por mim. Enquanto professora, ver os alunos que são e fazem parte desse grupo conquistando sua própria autonomia de ser e estar no mundo é uma das experiências mais lindas que eu poderia ter”, concluiu.

O evento foi aberto com uma palestra ministrada pela professora Cláudia Cristina Medeiros, pró-reitora de graduação do Centro Universitário Cesmac, de Maceió. Na oportunidade, ela falou sobre o conceito de formação sob diferentes perspectivas teóricas e sua relação com a experiência e com as narrativas de histórias de vida, destacando, nesse sentido, o papel central da afetividade. “Eu acredito que o afeto faz a cognição ser efetivada nos processos formativos e, em meio a isso, é a experiência que nos leva, de fato, a gestos de interrupção, que são os responsáveis por nos fazerem parar para olhar, para perceber, analisar mais devagar, respirar e ver o mundo com outros olhos. Quando a gente olha para o mundo com outros olhos, a gente se reconhece dentro dele”, disse Medeiros.

O principal momento do Simpósio foi a exibição do documentário “A travessia de uma formação”, resultado do projeto de pesquisa “A travessia da formação em Jornalismo: narrativas de vida e experiência em curso”, desenvolvido pelo Naforme. Para construção do documentário, foram entrevistados alunos, egressos e professores do curso de Jornalismo da Uesb. O discente Luís Eduardo Pedreira, que foi um desses entrevistados, participou do Simpósio e contou sobre a experiência. “Participar do documentário foi algo novo para mim. Foi uma proposta que eu não esperava, mas que eu achei interessante porque eu me sinto na necessidade de participar de situações que me provoquem a pensar a formação".

A estudante Victória Lôbo, uma das pesquisadoras do Naforme, afirmou que não só o ato de pensar sobre a sua própria formação, estimulado desde sempre no grupo, como também o percurso realizado para construir o documentário e o evento foram experiências bastante enriquecedoras. Para ela, o Simpósio é uma forma de ampliar esse debate dentro da Universidade. “A partir do momento que começamos a pensar sobre a nossa formação, começamos também a nos entender no mundo, principalmente como pessoa, como indivíduo, e quando fomentamos essa discussão, há uma maior abrangência ou uma maior possibilidade de ter mais pessoas realizando essa autorreflexão. É isso que o Naforme busca fazer”, disse.

O Simpósio e Mostra "Narrativas (Auto)biográficas continua amanhã, a partir das 8 horas, no Salão do Júri, localizado no módulo 2 de aulas. O segundo dia do evento contará com mesa de discussão sobre formação em jornalismo e também com a apresentação dos artigos produzidos pelos pesquisadores do Grupo durante o curso do projeto.

Fotos: Paula Joane



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão