assessoria de
  comunicação

11/10/2017
 Projeto "Uma história crítica da Ciência"
por Afonso Ribas


Ativo no campus de Vitória da Conquista desde fevereiro de 2016, o projeto “Uma História Crítica da Ciência: da Idade da Pedra à Nanociência e Nanotecnologia” desenvolve ações de pesquisa e extensão com o intuito de recuperar elementos que permitam tecer um percurso histórico-analítico do processo de evolução da Ciência e do conhecimento científico na história da humanidade, desde os seus primórdios até os dias atuais. O projeto é coordenado pelo professor José Rubens Mascarenhas, do Departamento de História (DH), e surgiu a partir da temática de seu pós-doutorado, em que discutiu a produção de Ciência sob o Imperialcapitalismo.

Leituras dirigidas sobre o processo de produção do conhecimento na história, debates internos e públicos sobre os temas inerentes ao assunto pesquisado e à sua problemática, além de levantamento e mapeamento de fontes e recursos para o andamento das pesquisas são algumas das atividades empenhadas pela equipe coordenada por Mascarenhas. Atualmente, ela é composta por membros do Grupo de Estudos de Ideologia e Luta de Classes (Geilc), alunos em diversos estágios da formação acadêmica (graduandos de vários cursos, mestrandos e doutorandos), professores, além de participantes da comunidade externa sem vínculos acadêmico-institucionais.

No campo da extensão, o projeto já promoveu diversas ações como palestras com convidados da comunidade regional, nacional e até internacional; minicursos com enfoques interdisciplinares sobre as temáticas pesquisadas; e rodas de conversa. Além disso, foi realizado recentemente um Colóquio Temático sobre o objeto de estudo e pesquisa do projeto como parte do 7º Colóquio Nacional e 5º Internacional do Museu Pedagógico, sendo apresentados mais de 20 trabalhos de autores de diversas partes do Brasil e do exterior. Outras atividades estão sendo programadas até o término das ações de pesquisa e extensão, previsto para julho de 2019. Ao fim do projeto, é planejada ainda a publicação de um livro.

Por se tratar de um projeto que unifica tematicamente várias pesquisas, ele tem sido um espaço de crescimento para todos os seus integrantes, principalmente para os estudantes da graduação. Além disso, a ação tem se constituído como um centro irradiador de informações sistematizadas e sedimentadas na produção do conhecimento de forma interdisciplinar. A criação de um banco de dados, composto por fontes documentais coletadas, analisadas e sistematicamente organizadas pelos pesquisadores no Centro de Documentação do Museu Pedagógico é um dos resultados que demonstra isso. Tal acervo, livre para ser acessado por qualquer pessoa, poderá contribuir para o desenvolvimento de pesquisas futuras e para manter viva a memória e a produção acadêmico-científica originada do projeto.

Para obter mais informações sobre o “Uma História Crítica da Ciência”, entre em contato com a coordenação pelo e-mail rubensbraz2015@gmail.com ou pelo telefone: (77) 98829-7152.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão