assessoria de
  comunicação

18/10/2017
 Ceac dá início a evento voltado a idosos
por Caleb Lima


Teve início, na tarde desta terça-feira, 17, no Centro de Extensão e Ação Comunitária (Ceac), o “Dialogando Novos Porquês da Maturidade- Ação 2017”. A ação é promovida pela Pró-reitoria Extensão e Assuntos Comunitários (Proex), por meio do Centro de Extensão.

A atividade tem como objetivo dialogar com os idosos que são atendidos pelo programa contínuo de atenção desenvolvido pelo Centro, bem como reunir os gestores públicos e órgãos representativos dos interesses desse público. “A proposta desse ano é promover um debate sobre as necessidades e o que a Universidade, enquanto produtora de conhecimento, e os demais órgãos presentes podem fazer para fortalecer a rede de atenção ao idoso. Vamos diagnosticar as necessidades da comunidade e, a partir daí, iremos propor medidas de intervenção”, afirma Ana Rosângela Santos, representante da equipe organizadora.

A pró-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários, professora Maria Madalena dos Anjos, esteve presente ao evento. Para ela, é preciso descontruir o discurso de que o idoso é um empecilho para a família ou para a sociedade. “Existem, muitas vezes, pessoas em casa que estão depressivas e que nós precisamos inseri-lás na comunidade. Necessitamos pensar e refletir como trabalhar. Isso é um processo educativo longo. Não são apenas algumas ações que trarão resultado de imediato, mas, através de ações contínuas com as diversas instituições da nossa cidade, é que poderemos trabalhar essa temática nos diversos bairros. E como o tema diz, é preciso agrupar, fazendo com que essas pessoas possam dialogar na busca por uma melhor qualidade de vida”, enfatiza a pró-reitora.

Nesse primeiro dia, a programação contou com uma roda de conversa envolvendo entidades representativas e gestores públicos. Representando a Defensoria Pública, a defensora Maria Fernanda Bório ressaltou a importância de ações como essa, em que diferentes órgãos da sociedade civil se encontram para discutir assuntos que estejam em destaque. “Demandas sociais não se constroem sozinhas. Somos forças que quando se somam ficam muito mais fortes e tem muito mais poder de trazer uma transformação social, que é o que todos nós queremos. Então, atividades como essa promovem o debate, tornando um instrumento de intermediação entre esses diálogos”, destaca a defensora.

Participante constante das atividades do Centro de Extensão, a dona de casa Maria Helena Cardoso compareceu ao evento e falou da contribuição do que foi debatido para o seu dia a dia. “Muitos idosos não têm acesso a esse tipo de evento, então, quando participamos, nós trazemos conhecimento e levamos informações que possam ajudar outras pessoas, não só os idosos, mas a todos”, finaliza Cardoso.

O evento vai até o dia 19 de outubro com atividades de ação social e um momento musical. A programação completa pode ser conferida aqui.



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão