assessoria de
  comunicação

31/10/2017
 Seminário de Extensão discute formação e políticas extensionistas
por Emanuela Lisboa


Discutir e compartilhar os resultados de projetos de extensão e avançar em políticas extensionistas. Com essa proposta, teve início, na manhã dessa segunda, 30, no Teatro Glauber Rocha, campus de Vitória da Conquista, mais uma edição do Seminário de Extensão, realizado pela Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Proex).

A pró-reitora, professora Maria Madalena Souza dos Anjos Neta, falou sobre a escolha do tema do evento: “A Política de Extensão da Uesb: reafirmando princípios e diretrizes”. “O tema vem resgatar e também dar conhecimento à comunidade de várias ações de extensão que a Universidade já desenvolve, até porque tem alguns projetos que ficam muito no âmbito dos cursos que são desenvolvidos”, explicou. De acordo com a professora, o Seminário também visa discutir a curricularização da extensão nos cursos de graduação da Uesb. A pró-reitora abordou ainda como as ações de extensão favorecem a formação discente. “A gente precisa entender a extensão como atividade que faz parte do ensino e da pesquisa, como inclusive coloca a nossa Constituição. É uma ação voltada para formação do estudante, uma formação mais humanística, uma formação preocupada com a sociedade, com o desenvolvimento social”, salientou.

Esse aspecto da formação também foi ressaltado pela professora Maria Celeste de Souza Castro, pró-reitora de Extensão da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), convidada a compor uma das mesas de discussão: “A universidade tem o tripé, o ensino, a pesquisa e a extensão, a missão é produzir conhecimento e responsabilidade social. Nós não podemos formar profissionais sem ter esse viés, sem ter essa perspectiva da responsabilidade social. Que profissional estamos formando diante do contexto atual, e a extensão, por excelência, é um espaço em que dialoga com as comunidades, com o entorno, então é de fundamental importância que a extensão esteja presente nos currículos, nas discussões e nas produções científicas da nossa comunidade acadêmica”. Castro fez um resumo do que seria debatido com os participantes. “Nós vamos discutir o Plano Nacional da Educação, especificamente a meta 12.7 da Lei 13.005/2014, que trata sobre a inclusão das ações de extensão nos currículos, nos programas e projetos; vamos discutir sobre as experiências da Universidade do Estado da Bahia, em fase de implementação, e, neste dialogo, a gente pretende ter um panorama do que já está sendo feito nas universidades estaduais sobre a questão da curricularização da extensão”.

Também convidado para falar sobre a inserção das atividades de extensão na grade curricular, o professor Pablo Cesar Benetti, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), relatou sobre esse processo na sua instituição. “A UFRJ começou esse processo no ano de 2011 e vem batalhando até hoje, vou tentar dividir com os colegas essa experiência, desafios e problemas que a gente teve”, ponderou. O docente explicou sobre o motivo de se debater ações de extensão: “O Seminário é fundamental porque toda vez que você discute extensão universitária você está discutindo a formação dos nossos alunos e eu tenho a certeza de que a extensão é a porta de entrada para uma formação mais holística, mais completa. A extensão, na medida que trabalha com as demandas da sociedade, faz parte do trabalho de extensão incorporar essas demandas, está formando um profissional com muito mais sensibilidade, com muito mais capacidade de escuta”. Segundo Benetti, do ponto de vista da estrutura curricular as ações extensionistas são muito importantes porque, “certamente, traz a Universidade para o leito da sociedade que a mantém, então é fundamental o trabalho de extensão universitária, tanto para os alunos quanto para a universidade em geral”.

O Seminário segue até esta terça, 31. Além das palestras, o evento conta com apresentações de trabalhos desenvolvidos por estudantes bolsistas de extensão. Para acessar a programação, clique aqui.

 

 



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão