assessoria de
  comunicação

16/2/2018
 Janela Indiscreta exibe filmes do Vestibular UESB 2018
por Thanize Borges


Começou na noite desta última quinta-feira, 15, no Teatro Glauber Rocha, campus da Uesb em Vitória da Conquista, as exibições dos filmes que serão cobrados no Vestibular 2018 da Universidade.

Em sua 14ª edição, as sessões fazem parte do projeto “Cinema: eis a questão”, realizado pelo Programa Janela Indiscreta, em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Proex), a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) e a Comissão Permanente de Vestibular (Copeve).

“É a extensão universitária sendo realizada. Ver, ouvir e falar de arte como o Janela propõe é uma oportunidade importante e que, na maioria das vezes, só pode ser promovida pela Universidade à comunidade, porque é um retorno necessário na formação para a arte e na formação pela arte”, afirmou Rayssa Coelho, produtora executiva e responsável pelas exibições do projeto.

O primeiro filme exibido foi “Dheepan – O Refúgio”, uma ficção estrangeira, de origem francesa, que retrata a situação dos refugiados.  As próximas sessões acontecerão dias 19 e 20 de fevereiro e exibirão os filmes “Terra em Transe” e “Jonas e o Circo sem Lona”, respectivamente.

Vale destacar que as sessões são gratuitas, iniciam sempre às 19 horas, e o evento é aberto ao público em geral, podendo participar tanto os vestibulandos como a comunidade interessada na sétima arte.

Como em todas as edições do projeto, após a realização das cessões são feitas as discussões com três professores/pesquisadores convidados de diferentes áreas do conhecimento, que fazem os comentários e depois abrem para o debate e perguntas da plateia.

Para a vestibulanda Daniela Santos, que esteve na primeira exibição, ações como essa são fundamentais para ajudar quem quer entrar na Universidade. “Eu acho muito interessante iniciativas como essa, porque muitas vezes assistimos aos filmes e deixamos muitas coisas passar, e aqui, depois vem a explicação. Todas as exibições que tiverem eu estarei, é muito importante”, ressaltou Santos.

O projeto também pretende realizar a publicação de um livreto com críticas relativas aos filmes, elaboradas pelos professores comentaristas, e vídeos gravados com esses convidados. Todo esse material estará disponíveis para acesso livre e irrestrito na internet.

Leia também:

Filmes do Vestibular UESB 2018: sessões comentadas



Assessoria de Comunicação
indique essa matéria para um amigo
Versão para impressão