SURTE - Sistema UESB de Rádio e Televisão

O SURTE - Sistema Uesb de Rádio e Televisão Educativa, foi criado através de Resolução do Conselho Universitário, em 2001, com o objetivo de promover serviços de radiodifusão e de sons e imagens, visando contribuir para o aprimoramento da educação e da cultura em todos os níveis, levando conhecimento a todos os espaços sociais, dentro e fora da Universidade, através da veiculação de programas informativos de interesse educativo, técnico-científico e cultural.

O Sistema é responsável pela repetição do sinal da Rádio Educadora da Bahia, no Campus de Vitória da Conquista, com inserções locais e, também, pelo sinal da TV Educativa da Bahia, com estações repetidoras nos três campi (Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga).

O SURTE está desenvolvendo ações junto ao Ministério das Comunicações para a liberação de outorga do Canal 248, FM Educadora UESB, Frequência 97,5 MHZ. 

O Sistema, que conta com estúdio completo, exerce importante papel junto aos Cursos da UESB, principalmente ao de Comunicação Social, com o apoio as atividades de laboratório das disciplinas de Radiojornalismo e Telejornalismo. Os laboratórios do Curso de Comunicação são equipados para gerar conhecimentos práticos e experiências por parte de alunos e professores.

O SURTE promove os programas radiofônicos Uesb Rural e Uesb Cultural, semanalmente, na Rádio 96 FM, em Vitória da Conquista.

O SURTE encontra-se em montagem de emissora de rádio (via cabo) no campus de Jequié; prepara a veiculação do programa de televisão Via Uesb na TVE-BA; prepara a instalação e o funcionamento de rádio educativa nas cidades de Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga e, em breve, estará funcionando em prédio próprio no campus de Vitória da Conquista.

 Produtora Universitária de Vídeo
   
A ProVídeo é responsável pelo registro e produção de vídeo na Universidade e dispõe, para os seus trabalhos, de duas ilhas de edição profissionais Super VHS e toda uma infra-estrutura adequada ao desempenho de suas atividades, a exemplo das salas com isolamento.

Tem como finalidade produzir, exibir e veicular vídeos, como forma de expressão do pensamento da UESB, e desenvolver projetos de comunicação videográfica e tecnologias educacionais, voltadas para as atividades do ensino, da pesquisa e da extensão.

Programa Janela Indiscreta Cine-Vídeo Uesb

O Programa, criado em 1992, é o resultado de dez anos de inúmeras atividades ligadas à sociabilização do conhecimento audivisual - muito especialmente o cinema. Seu trabalho ultrapassou as fronteiras da universidade, encontrou parcerias num público diverso e estabeleceu, ao longo dos municípios vizinhos, da região, do estado, do país e até mesmo fora dele, o diálogo primordial entre as pessoas, dando asas à todas as formas de leituras possíveis da obra cinematográfica.

O Programa desenvolve as ações: Cinema na UESB (exibições semanais de filmes comentados); Cinema Itinerante (exibição de filmes em distritos, povoados e comunidades onde, prioritariamente, as salas de cinema são inexistentes); Cinema nas Escolas (atendendo solicitações ou elaborando eventos); Sessões Especiais (lançamento de filmes comentados por seus idealizadores ou em atendimento às demandas dos cursos).

O Programa Janela Indiscreta Cine Vídeo UESB procura posicionar o cinema e as produções audivisuais não apenas como entretenimento, mas como agentes potenciais de leitura de mundo, compreendendo a imagem na sua função informativa, didática e simbólica nas mais variadas áreas do conhecimento, promovendo de forma interdisciplinar o diálogo cotidiano da universidade com a realidade dos espaços sociais em que ela se encontra envolvida.

Editoração

A Universidade tem procurado implantar uma política de publicação, a fim de que o conhecimento técnico-científico e cultural produzido seja registrado e divulgado. Articulando as áreas de publicações e gráfica universitária, a ACEV-Assessoria Especial tem coordenado as atividades da área, implementando os objetivos institucionais, inclusive criando a Editora UESB.

Unidade de Informática (Rede Internet)

A Unidade Organizacional de Informática, criada em 1995, conta com uma infra-estrutura nos campi de Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga que oferece suporte às diversas atividades na área de ensino, pesquisa e extensão.

Sua infra-estrutura compreende quatro áreas de trabalho: Programação e Desenvolvimento, Rede, Manutenção e Suporte.

A área de rede, com sala própria, conta com mais de 10 equipamentos que alocam vinte e oito sistemas e seus bancos de dados, serviços de Internet, e-mail e home-page. Para dar vazão ao uso da estrutura de rede, continuamente são instalados pontos de rede nos diversos setores, atualmente em número de 1.200, e, também, abertura de contas de e-mail, atualmente em 1.400.